Уставщик (ustavschik) wrote,
Уставщик
ustavschik

Тропари из бразильского Менологиона

Нижеследующие тропари извлечены из издания, вышедшего на португальском языке в Бразилии: Pequeno Menologion: calendário bizantino. Teresina: Piauí, 2015. Собственно тексты тропарей находятся в книге на стр. 52 – 121. Насколько я смог уяснить при помощи Google-переводчика, этих тропарей в наших русских богослужебных книгах нет. Некоторые из этих тропарей могут быть переводами с греческого (книга издана православными в юрисдикции Константинопольского Патриархата), но часть — явно самостоятельны. Большинство святых, прославляемых в этих гимнах, просияли на христианском Западе (и часть из них, что вполне понятно, — на Иберийском полуострове), но есть и несколько восточных. К одной памяти (мучеников Фиванского легиона) приведён не только тропарь, но и кондак.

TROPÁRIOS

SANTA ÁGATA
Ou Águeda, de Palermo, Sicília († 251), virgem e mártir.
(MODO 4 PLAGAL)
Como rosa de virginal bom odor, / apresentaste-te como esposa virgem do Príncipe da Vida, / ó Santa Ágata, digna de veneração; / e amando a fonte de todo o bem, / manifestaste ao mundo o teu testemunho valoroso. / Ilustre mártir, enche de benefícios, pelas tuas orações, / aqueles que se comprazem em comemorar as tuas nobres ações.

SÃO BONIFÁCIO I
Papa de Roma (†422), pontífice-confessor.
(MODO 3)
A confissão da fé divina tornou-te para a Igreja um novo Paulo, / cheio de zelo entre os pontífices; / e a obra das tuas mãos foi a glória do Senhor para o teu rebanho. / Bem-aventurado pontífice Bonifácio, / roga a Cristo, nosso Deus, que nos dê a sua misericórdia.

SÃO GREGÓRIO MAGNO
Gregório I, Papa de Roma († 604) pontífice-doutor.
(MODO 4)
A tua boca foi a de um pastor diligente / e excelente dispensador da Palavra de Deus, / ó santo pontífice Gregório. / Tu foste o pregador das virtudes, / resplandecendo de justiça e de santidade. / Pai venerável, roga a Cristo nosso Deus / que nos conceda a graça da salvação.

SÃO GREGÓRIO, O ILUMINADOR
1º Patriarca, catholicós e apóstolo da Arménia, igual-aos-apóstolos († 330) pontífice-mártir.
(MODO 4)
Pelos labores da fé em Deus, renovaste os corações dos mortais, / semeando neles o conhecimento do Verbo Divino; / e resplandecendo nos teus ferimentos de mártir, / brilhaste como pontífice, ó santo pai Gregório. / Roga, pois, a Cristo nosso Deus / para que nos conceda a graça da salvação!

SÃO LOURENÇO DA IBÉRIA
Huesca, Ibéria, Arcediago († 258 em Roma) mártir.
(MODO 8)
Iluminado pelo Espírito Divino, / arcediago de Cristo e vitorioso mártir São Lourenço, / consumiste como em brasa, os espinhos do erro. / E como incenso de espiritual suavidade, / fizeram-te passar pelo fogo, / pelo qual atingiste a tua última perfeição. / Livra de todo o malefício os fiéis / que veneram a tua santa memória!

SÃO MAURÍCIO E COMPANHEIROS
Ganeral de Agaune, Cândido, Claro e companheiros († 286) mártires.
(TROPÁRIO, MODO 8)
Rejubila, terra de Agaune! / O sangue dos mártires fecundou o teu solo. / São Maurício e os seus companheiros, / por amor a Cristo, humilharam o orgulho do tirano ímpio. / Eles confessaram a fé permanecendo fiéis à Palavra do Senhor: / “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus!” / Pelas suas súplicas, ó Cristo nosso Deus, / salva as nossas almas!
(KONDAKION, MODO 4 PLAGAL)
Ó bem-aventurada legião de Cristo, / tu soubeste agir no mundo, conservando uma fé imaculada; / insensível aos ídolos e às seduções, / tu conservaste inviolada a parte do Senhor. / Valorosos soldados de Cristo, / os vossos sofrimentos fizeram jorrar a vida; / que eles sejam para nós um compromisso de vitória / e um testemunho imortal!

SÃO PEDRO DE RATES
1º metropolita de Braga, primaz das Espanhas, igual-aos-apóstolos († séc.I) – pontífice–mártir (trasladação das relíquias).
(MODO 4)
Igual aos apóstolos pela tua vida / e seu sucessor em terras da Galécia, / São Pedro de Rates, metropolita de Braga e sábio em Deus, / roga ao Mestre do Universo para que consolide os povos Ibéricos / na concórdia e na verdadeira Fé, conceda a paz ao mundo / e às nossas almas a graça da salvação.

SÃO SATURNINO
1º bispo de Toulouse († 250?) pontífice-mártir.
(MODO 4)
Fiéis, honremos o protetor do Languedoc, / o santo mártir e grande hierarca Saturnino! / Tendo livrado esses povos do paganismo, / que ele proteja neste dia aqueles que assim o aclamam: / Glória a Cristo que te glorificou! / Glória aquele que te concedeu a coroa do martírio! / Glória aquele que fez de ti uma coluna da ortodoxia!

SÃO SEBASTIÃO
General romano († 288) mártir.
(MODO 4 PLAGAL)
Desprezando os conselhos do senado do erro, ó São Sebastião, / reuniste a bem-aventurada assembléia dos ilustres mártires / que, a teu lado, lutaram para abater o inimigo; / e agora que ocupas com eles um lugar merecido, no divino conselho, / fazes descer do céu a luz sobre aqueles que te cantam com fé: / Glória aquele que te deu este poder! / Glória aquele que te coroou! / Glória aquele que, pelas tuas orações, / opera em todos a salvação!

SÃO SIMEÃO E COMPANHEIROS - MODO 8
Arcebispo de Selêucia, Pérsia, e seus companheiros († 341) mártires.
(MODO 4 PLAGAL)
Mensageiro dos divinos ensinamentos, / atraíste à santa luta, pelas tuas palavras e vida, / um exército de confessores da fé; / lutaste ao lado deles, santo pontífice Simeão / e subiste a Cristo, exclamando com eles: / eis que por Ti, ó Salvador, / somos contados como ovelhas para o matadouro!

SANTA SOFIA E SUAS FILHAS
Vera, Esperança e Agápia († c.137) mártires.
(MODO 4 PLAGAL)
Como uma oliveira carregada dos seus frutos, / cresceste nos átrios do Senhor, ó venerável mártir Santa Sofia, / e, por meio de nobres combates, / ofereceste a Cristo o teu fruto mais doce, / as três filhas saídas do teu seio, Vera Esperança e Agápia. / Roga, pois, com elas em benefício de todos nós.

SÃO SOFRÔNIO
Patriarca de Jerusalém († 638) pontífice-doutor.
(MODO 4)
Tendo conduzido com sabedoria a tua vida desde a infância, / mereceste, ó venerável São Sofrônio, a graça do Espírito Santo, / e, resplandecendo do esplendor episcopal, / tu te ilustraste como intérprete da fé. / Roga agora pelos fiéis que te veneram!

SANTOS CELSO, PROTÁSIO, NAZÁRIO E GERVÁSIO - MODO 8
Santos Nazário, Gervásio, Protásio e Celso, de Milão († 170) – mártires.
Cantemos o quarteto dos santos atletas de Cristo, / Celso, Protásio, Nazário e Gervásio: / a todos anunciaram eles a Trindade Santíssima / destruindo, pelas suas lutas, o culto dos falsos deuses. / Pelas suas orações, Senhor, tem piedade de todos nós!

SANTOS CIPRIANO E JUSTINA
Cipriano, patriarca de Antioquia; e Justina, diaconisa, virgem(†304) mártires
(MODO 4)
Pelo esplendor da fé divina, / abandonaste as trevas da impiedade / tornando-te um luminar da verdade. / Após a tua brilhante vida de pastor da Igreja, São Cipriano, / foste glorificado pelo martírio. / Pai venerável, com Santa Justina, / a virgem dos divinos pensamentos, / roga ao Criador, que nos dê a sua graça / e manifeste em nós a sua bondade.

SANTOS MAURÍCIO E COMPANHEIROS
Maurício de Apameia (general) e 70 soldados, incluindo Claro, Teodoro e Filipe († 305) mártires.
(MODO 4 PLAGAL)
Como brilhantes luminares, divinos mártires Maurício e companheiros, / resplandecestes sobre a Criação inteira. / Pelo fulgor dos vossos milagres, / dissipastes as doenças e repelistes as trevas profundas, / vós que orais incessantemente por todos nós / junto de Cristo nosso Deus.

SETE BISPOS IBÉRICOS
Ss. Torcato (Cádiz), Tisefonte, Secundo, Idalécio, Cecílio, Esício e Eufrásio, bispos sagrados por São Paulo, apóstolo evangelizador da Lusitânia e da Galécia († séc. I) pontífices-mártires.
(MODO 4)
Vós que partilhastes o gênero de vida dos apóstolos / e que, sagrados pelo divino apóstolo Paulo, / vos tornastes pastores das Espanhas, / Santos sete varões apostólicos e sábios em Deus, / orai ao Mestre do Universo / que consolide os povos Ibéricos na concórdia e na verdadeira fé, / conceda ao mundo o dom da paz, / e às nossas almas a graça da salvação.

TODOS OS SANTOS DA IBÉRIA
2º domingo depois de Pentecostes; comemoração de Todos os Santos da Lusitânia e toda a Ibéria.
(MODO 4)
Revestida, como de púrpura e de linho fino, / do sangue de todos os Lusitanos / que, no mundo inteiro, foram tuas testemunhas, / tua Igreja, por eles, te clama: / “mostra ao teu povo a tua compaixão, / concede a paz à nossa pátria / e tem misericórdia das nossas almas.
Tags: Минея Дополнительная, богослужебные тексты, литургические обзоры, тропарь/кондак
Subscribe

  • Post a new comment

    Error

    Anonymous comments are disabled in this journal

    default userpic

    Your IP address will be recorded 

  • 2 comments